3 dicas de produtividade

Há algum tempo venho buscando algumas dicas para aumento da produtividade. Depois de muito ler e experimentar, repasso algumas coisas que tenho percebido que funcionam:

  1. Reduza suas assinaturas a listas de discussão
    Assino e participo de listas de discussão desde que me entendo por usuário de internet. O que tenho visto nos últimos meses é que eu havia reduzido minha participação apenas à leitura de mensagens que os outros postavam. Acabei por perceber, ao longo do tempo, que estava lendo as mesmas discussões repetidas vezes. E isso me tomava tempo. Faça o teste: se você assina uma lista de discussão dessas grandalhonas e famosas, mas não posta nada nela – ou seja, não discute nada – sua participação é basicamente desnecessária. Pense no tempo que você perde lendo as milhares de mensagens diárias… O seu prejuízo é infinitamente superior ao ganho que você pode vir a ter recebendo uma dica valiosa em uma discussão qualquer. Confie: achar alguma postagem bacana em listas superpopulosas é como achar uma agulha num palheiro. Prefira listas com quantidade reduzida de participantes e postagens realmente significativas, onde as discussões serão realmente relevantes. E não se engane; assinar em modo digest não resolve nada.
     
  2. Reduza a quantidade de feeds que você lê
    Você nem percebe, mas o tempo que você perde lendo feeds é grande. Vai por mim: pelo menos 60% dos feeds que você assina são dispensáveis. Parece que, com a emergência das novas tecnologias e com a possibilidade de você fazer as notícias virem até a sua ponta na rede faz com que você se perceba na situação de estar obrigado a consumir toda e qualquer informação sobre todo e qualquer assunto. Cuidado com isso. Experimente analisar quantas notícias de quantos sites você efetivamente lê por dia. E depois tente filtrar nestas notícias aquelas que realmente foram úteis a você. Você vai acabar percebendo que os sessenta por cento que falei no início do parágrafo era pouco.
     
  3. Reduza a quantidade de e-mail
    A premissa é simples e realmente funciona: envie menos e-mail e você receberá menos e-mail. Mande mensagens somente quando necessário, tente esgotar as pendências com o menor número de mensagens possível. Não é só porque o e-mail é instantâneo que você não vai esperar um pouco para enviar uma mensagem com dois ou três assuntos que se relacionam ao invés de enviar três mensagens curtas com os assuntos fragmentados. Além disso, procure reduzir a quantidade de mensagens não respondidas em sua caixa de entrada. Mensagens aguardando respostas são assuntos pendentes. Resolva-os sem demora. Isso não quer dizer que você será um escravo do e-mail… Aproveite para reduzir a frequência das checagens automáticas de sua caixa postal. Procure reservar um tempo fixo para checar o e-mail; você perceberá que, ao se ver com uma quantidade limitada para resolver estas pendências, você aprenderá a lidar melhor com elas.

You may also like...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *